sexta-feira, 23 de julho de 2010

Primeira grande viagem a "três" - Rio de Janeiro




        Nossa, faz tempo que não posto aqui... Mas esses últimos meses foram de uma correria ímpar, por outros motivos que também serão postados neste blog, mas agora não quero falar deles. Quero falar, sim, de um das mais belas experiências que vivemos nesse um ano e sete meses que temos a graça de ter ao nosso lado o mais lindo fruto do amor.
Feliz na chegada ao Rio de Janeiro
        Meio que de repente, resolvemos viajar, até para receber novos ares, repensar metas e objetivos, e, ainda, esquecer alguns problemas meio perturbadores, e que pareciam, até então, difíceis de solucionar.

         Resolvemos ir para o Rio de Janeiro, até porque temos alguns importantes amigos naquele Estado, então seria o momento de conhecer melhor um lugar lindo, fascinante, e, ainda, rever pessoas especiais. Tudo foi resolvido meio que de última hora, mas que essa viagem foi uma das coisas loucas mais acertadas que já decidimos, ah, isso foi.


      Pela primeira vez, passamos mais de cinco dias (oito ao todo) sendo, exclusivamente, PAIS de Joãozinho, sem nenhuma outra pessoa para dar um certo auxílio. Se ele acordasse, não teria quem ficasse "um pouquinho", para mais um cochilo. Se adoecesse, nós é que teríamos que resolver tudo sozinhos. Parece bobagem, alguns podem pensar "mas pai é pra isso mesmo", mas não é bem assim.


       Como somos acostumados a viver muito em família, esse afastamento temporário da mãozinha das vovós, do vovô, da babá, das titias, pode até parecer um pouco assustador. Será que o cansaço vai complicar a viagem? Será que vamos nos arrepender?


     Ahhhh, quanta besteira. A delícia de mostrar um mundo novo a uma criança cheia de curiosidade, de vida, ultrapassa qualquer cansaço, qualquer noite mal dormida, qualquer dificuldade.


      Viajamos tranquilamente, e olhe que fomos no "bacurau" hehehhe (o vôo saiu de Recife às três da manhã). Joãozinho dormiu grande parte da viagem, chegou tranquilo, adorou o hotel, e ficou observando tudo, sempre, como quem diz: Quem sou? Onde estou?

Praia do Arpoador
Reação ao ver papai do céu.
      
      Todos os passeios foram maravilhosos, e os olhinhos dele saltavam a cada novidade. Quando viu o Cristo Redentor, não teve dúvida. Juntou as mãozinhas e imediatamente e falou "papai", com uma expressão de clara surpresa, inenarrável. Fez questão de "rezar" na Capela e deu xau a papai do céu, como quem dá a um velho conhecido.
Fifa Fan Fest - Brasil e Holanda
Ele se viu no telão e apontou :D

     O encontro com a tia Ghy e da priminha do Rio, Rafaela, também foi espetacular. Fomos na casa delas e ele se comportou como se as conhecesse a muito tempo, como se fossem velhos amigos. Tia Babi também se encantou com seus sorrisos, e Joãozinho fez questão de tirar todos os sapinhos de pelúcia que estavam na cama do lugar. Tia Dani também, uma gracinha, se encantou pelo gordinho, e grudou nele até não poder mais.

      Nossa, que delícia. Jardim Botânico, peça de teatro estreada por Luana Piovani (que quando o viu, disse: que cílios lindos!), Maracanã, praia, shoppings, Pão de Açúcar, todos os passeios foram aproveitados como se fossem os últimos de toda a viagem.
Vista do Hotel

Tirando casquinha da gatinha
Ficará pra sempre!
   

    Joãozinho aprendeu em oito dias de viagem coisas que o fizeram retornar outra criança. Uma criança mais comunicativa, mais certa do que gosta, e capaz de expressar exatamente aquilo que quer. Aprendeu a cumprimentar as pessoas, a experimentar novas comidas, a dizer que era hora de comer, a contar até 10 (de olho nos números do elevador do Hotel), a respeitar alguns pedidos da mamãe, ou seja, teve um belo salto de desenvolvimento, e o melhor, sem nada forçado, apenas "vivendo".

Criando laços de amizades

     Eu e João nos sentimos ainda mais "pais", absolutamene capazes de lidar, apenas nós dois, com situações inesperadas, como uma crise de tosse, ou uma noite mal dormida. Revezamos, conversamos, brincamos, vimos que, com amor, tudo fica fácil.

       Amigos, amigas, seguidores, leitores... Não tenham medo de enfrentar novas experiências com seus pequenos. Apesar de ser tudo tão novo, tanto para ele, como para nós, pais de primeira viagem, só é possível saber exatamente até onde podemos curtir os momentos se tivermos a coragem de enfrentá-los.

        O estímulo que damos aos nossos filhos é o móvel do desenvolvimento deles, do interesse deles pelo novo, pelo desafio, pelo mundo! Apresentem o MUNDO a seus filhos. Mostrem a eles uma pequena formiga, ou o grande astro Sol. Sintam prazer em mostrar o quão bonito é o mar, ou o quão interessante é a chuva, ensine-os a sonhar! E, o que é melhor, SONHEM COM ELES! 

                                            
 
                         Como é bom viver assim!

7 comentários:

Carlinha disse...

Adoreiiiiiiiiii Ana!!!!! Sei muito bem o que você falou, pq tb percebi esse salto de desenvolvimento depois de minha viagem, coincidentemente, para o Rio.

Ghy disse...

Que lindo minha amiga, não poderia ter se expressado de forma melhor, adoramos os encontros, os passeios e acima de tudo, adoramos o tempo que passamos juntos, é isso que podemos realmente chamar de amizade, Adoro vocês

Viviane Rolemberg disse...

É este o melhor presente que podemos deixar para os nossos filhos, Ana: o gosto pela vida, o respeito ao próximo, a fidelidade a si mesmo, a prática de admirar - e valorizar - a simplicidade e o que, de fato, faz diferença em nosso dia-a-dia. Lindo texto. Não deixa de escrever por tanto tempo. Você tem palavras que comovem pelo peso do sentimento que carregam.

Natalia disse...

Poxa amiga, muito lindo tudo o que vc escreveu. Me emocionei mesmo. Parabens à vc e a João por serem pais tão brilhantes.Me orgulho muito de vocÊs.Nati

Welkia disse...

Impossível não ficar feliz com a felicidade de vocês. Linda família e lindo texto!

Edne Cristina disse...

Menina, show de bola! Vc está bem empenhada em me convencer né????? rs rs rs
Uma maravilha teu texto, parabéns!!!!
E esse menino é realmente uma coisa de tão lindo!!!! =)

laraabreu disse...

Lindo Cunhada!!
Isnpiração pra TODOS nós!!
Amo vcs!!
Bjos,
Titia Lalau!